quarta-feira, 12 de julho de 2017

A acrópole de Roma: Capitólio

Importante saber um pouco sobre a colina do

Capitólio de Roma

, onde hoje é a prefeitura; onde tem a Igreja de Santa Maria in Aracoeli, os Museus Capitolinos e o famosíssimo e odiadíssimo monumento Altar da Pátria... pois esta colina foi na antiguidade a acrópole de Roma!

Reconstrução Templo de Júpiter, Museus Capitolinos

Imagina se tem condições de imaginar esta colina no VI século a.C.. Claro que não! Mas vendo esta reconstrução do que foi a colina, a gente toma um choque e depois tenta sobrepô-la ao que conhecemos hoje:

 Fonte: Ministero dei Beni e delle Attività Culturali e del Turismo


Por que visitar o Capitólio?

Os templos mais antigos e mais importantes da cidade encontravam-se aqui.
O mais antigo e importante deles era o Templo de Júpiter (VI séc. a.C.), pois diz a tradição que foi construído pelos reis etruscos, entre Tarquínio Prisco e Tarquínio, o Soberbo.

José Carlos e Marlí no Altar da Pátria, visitando a Acrópole de Roma

Até hoje é possível ver os enormes blocos das fundações deste templo nos subterrâneos da Praça, dentro dos Museus Capitolinos, enormes blocos de cappellaccio (pedras vulcânicas maleáveis e encontradas na superfície do território e primeiro material de construção dos romanos).


Blocos de Cappellaccio, fundações templo de Saturno
 Por mera curiosidade vale à pena dizer duas palavrinhas sobre a origem da palavra "capitólio", isto é, de onde deriva o nome destes museus. Hoje falamos no "Capitólio dos Estados Unidos" (Washington D.C.), no "Capitólio de Havana" (Cuba), essa palavra tão ouvida e que tem uma conotação política, de poder legislativo ou executivo de um país tem uma origem etrusca ou sabina, e refere-se a um guerreiro, herói ou rei legendário etrusco de nome Olus ou Aulo Vibenna, que teria vivido no VI século a.C. e tido a sua sepultura nesta colina de Roma. Em latim, o "caput oli", isto é, a "cabeça de Olus" deu origem e o nome do que chamamos hoje em português de colina do Capitólio.



Vista sobre o Forum dos Museus Capitolinos


Uma das construções mais importantes da Roma Arcaica (período dos reis, 753a.C.-509 a.C.) , cujas ruínas chegou até nós é a fundação do Templo de Juno Moneta (a deusa que protege a cidade), que aliás dá o nome à "moeda", pois além dos arqueólogos nos informarem que provavelmente este templo continha prata, ficava perto da antiga casa da moeda ("Zecca").
 
A prefeitura de Roma sobre o Capitólio

Outros edifícios religiosos que existiam aqui eram: Templo de Fides (personaficação romana da "lealdade"), provavelmente fundado no III séc.a.C. onde aconteciam reuniões do senado romano,

Peças fundamentais dos Museus Capitolinos

o Templo de Veiove (divinidade ligada à fecundação e ao bosque) cujo templo sobre o Capitólio foi fundado no início do II séc. a.C., e os Templos de Isis e Serápis (cultos que chegaram em Roma no I séc. a.C.). Curioso o fato do imperador Domiciano ter se "fantasiado" de sacerdote de Isis no Capitólio durante uma gueera civil para salvar a própria pele (segundo Tácito).

José Carlos e Marlí visitando a Igreja de Santa Maria in Aracoeli


À esquerda da cordonata (escada com função de fazer subir cavalos), que leva à atual prefeitura podemos ainda ver uma insula, isto é, um edifício onde viviam pessoas com pouco poder aquisitivo no período imperial.

Insula do Capitólio

Leia sobre os Museus Capitolinos!

Muita coisa aconteceu nesta colina e acontece ainda hoje, por isso acredito seja uma grande emoção visitá-la.
Para fazer um tour na Itália com guia em português não hesite em escrever para Guia Brasileira em Roma para pedir seu orçamento.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário